CARTAS AOS MODERNISTAS

 

Cartas aos Modernistas é um projeto cultural múltiplo e experimental, fruto da intercessão entre as artes visuais, o cinema e a educação, apostando em obras finais de cunho coletivo, das quais poderão participar pessoas que nunca tiveram nenhuma experiência com processos criativos de diferentes faixas etárias, bem como artistas iniciantes ou mais experientes, propiciando assim um processo rico de trocas e vivências. Buscaremos refletir e potencializar as experiências estéticas à partir do uso de equipamentos amadores (poderão ser utilizados celulares) e softwares livres, acreditando na democratização e acessibilidade dos meios de produção audiovisual.

O projeto “Cartas aos Modernistas” é um projeto cultural híbrido com múltiplas frentes de atuação, sendo composta por cursos de formação, produção de filmes-carta, exposição em galeria virtual, instalação presencial, e um longa-metragem.

Em um primeiro momento será realizada um CURSO DE FORMAÇÃO / PRODUÇÃO DE FILMES-CARTA. O curso de formação será destinado a jovens e adultos, à partir de 16 anos, onde abordaremos os principais questões históricas e artísticas da Semana da Arte Moderna e os aspectos teóricos, estéticos e técnicos sobre a produção de filmes-carta, uma relevante forma de expressão audiovisual, que permeia os domínios do documental, filme-diário, ensaio, e até mesmo a (auto)ficção. Cada vez mais presente no audiovisual contemporâneo, o filme-carta parte das particularidades da escrita em primeira pessoa, para tecer reflexões que transitam entre o privado e o coletivo. Ao final do curso, cada participante deverá realizar, com os equipamentos caseiros que possui (celulares, câmeras amadoras), um pequeno filme-carta. Para o filme-carta, os participantes serão incentivados a  refletir sobre as principais questões levantadas na Semana da Arte Moderna de 1922, bem como, partindo de uma relação subjetiva com a obra de arte escolhida (pintura, poesia, escultura, etc.), tecer elos com suas vidas e sentimentos, vivenciados hoje, 100 anos após a exposição.


Ao recebermos o material produzido pelos participantes do curso, iniciaremos a EXPOSIÇÃO EM GALERIA VIRTUAL. Iremos construir um site / galeria virtual onde os filmes-carta produzidos serão expostos de forma permanente. 

Na INSTALAÇÃO PRESENCIAL, iremos realizar uma instalação com monitores que reproduzem em looping uma seleção dos trabalhos realizados durante os cursos, no espaço expositivo  do Centro Cultural São Paulo (CCSP), com duração de um mês. 

Por fim, o LONGA-METRAGEM consiste na reunião e finalização de um filme de aproximadamente 70 minutos de duração composto por uma seleção dos filmes-cartas produzidos. Esse filme ressaltará na montagem conexões e desconexões das múltiplas narrativas e pontos de vista, tendo no fragmento sua forma de diálogo com a memória, as passagens, tempos, espaços e experiências diversas. O longa-metragem coletivo “Cartas aos Modernistas” passará por um processo de finalização profissional (colorização, edição e mixagem de som em 5.1), visando assim suas exibição em mostras e festivais de cinema e também em salas de circuito comercial. O lançamento / pré-estreia do longa-metragem será numa sessão na sala de cinema do CCSP, com a presença de participantes do projeto e aberta ao público em geral.